Blog



A importância do controle respiratório no Pilates

A respiração no método Pilates estimula a mobilização da coluna torácica, que tende a enrijecer com o envelhecimento.

O abdômen (também bastante enfatizado nas aulas) tem sua ação facilitada com a expiração, assim como o diafragma tem sua ação facilitada pelo quadrado lombar, agindo na estabilização da coluna vertebral.

Ou seja, o controle respiratório que desempenhamos tem características diafragmáticas, propiciando a melhor ação dos músculos abdominais sobre a proteção da coluna vertebral, e conexão mais eficiente entre tórax e pelve. Assim, simultânea à contração do Power House, caminhamos em direção à postura neutra segura, integrada e equilibrada.

É importante que o praticante tenha consciência de qualquer padrão respiratório inadequado que ele possa apresentar, para que este possa corrigi-lo mais facilmente, com a aprendizagem da respiração correta. É encorajada a expansão basal completa da caixa torácica, com a respiração apical mínima.

Para a execução do método também se considera adequada à expiração forçada, obrigatoriamente pela boca, onde o controle o tempo para maior permanência no exercício. A expiração forçada também auxilia no recrutamento do músculo transverso do abdômen. A inspiração deve ser o mais natural possível para que não haja recrutamento de musculatura acessória.

Endereço
  • Rua Inspetor Jaime Caldeiras, 1073, Betim - MG - CEP: 32600-286

  • (31) 3531-2948

  • | (31) 98417-2204 - Whatsapp

LOCALIZAÇÃO